Conheça um projeto acústico para um auditório polivalente

Os consultores da Theatre Projects , juntamente com o escritório de arquitetura Studio KO, criaram recentemente um auditório polivalente de 115 lugares, com o objetivo de organizar conferências, exibições, concertos, teatro e cinema.

O espaço faz parte do novo Museu Yves Saint Laurent de Marrakech – inaugurado em outubro de 2017 no Marrocos – e incorpora uma série de elementos e tecnologias que permitem oferecer uma alta qualidade de som e iluminação, bem como garantir a flexibilidade total da sala para se adaptar para todos os usos necessários.

 

Descrição pela equipe de projeto. Um museu que homenageia o legado do icônico designer de moda francês Yves Saint Laurent abriu em outubro dentro do Jardin Majorelle, um jardim botânico de 8 mil m², com paisagismo artístico e um complexo de museus em Marrakech, Marrocos.

Guardar no Meu ArchDaily

© studio kO

© studio kO
 

Os 4.000 m² do Museu Yves Saint Laurent Marrakech abrigam uma coleção de milhares de vestidos e jóias desenhados por Saint Laurent e incluem dois salões de exibição e um grande átrio. No centro do edifício há um versátil auditório multifuncional de 115 lugares para projeções informativas, música acústica e amplificada, eventos teatrais, conferências, filmes e transmissões ao vivo.

Guardar no Meu ArchDaily

© studio kO

© studio kO
 

Para acomodar todos esses usos, Theatre Projects projetou o auditório aconchegante, incluindo o equipamento do teatro e o ambiente acústico, para permitir que a sala funcione como um cinema e uma sala de conferências de primeira qualidade, assim como um salão dinâmico de recitais. Em parceria com o estúdio de arquitetura KO, Theatre Projects projetou uma sala ergonômica, acústica e esteticamente confortável e convidativa que envolve artistas e plateia e proporciona uma experiência compartilhada.

Guardar no Meu ArchDaily

© studio kO

© studio kO
 

Theatre Projects concentrou-se também na facilidade de acesso do público, circulação lógica e eficiente e conforto da plateia. Com a integração cuidadosa e perfeita dos sistemas técnicos, as audiências podem focar nas apresentações e não no equipamento do teatro. O resultado é uma joia técnica multifacetada e um espaço aconchegante e muito versátil.

Guardar no Meu ArchDaily

© studio kO

© studio kO
 

Painéis de difusão sonora foram projetados para realçar a riqueza do som e criar uma sensação de amplitude: fundamental para a música clássica. Acima do palco, os refletores integrados na arquitetura controlam os ecos e direcionam o som para a plateia. Embutidos nas paredes laterais, um sistema acústico variável controla o tempo de reverberação, reduzindo esse tempo a mínimos 0,2 segundos para frequências médias. Theatre Projects controlou o isolamento acústico da sala, projetando uma parede dupla que envolve a sala e um lobby de acesso através de portas especialmente projetadas, que bloqueiam níveis de ruído intrusivos de até 20 decibéis.

Guardar no Meu ArchDaily

© studio kO

© studio kO
 

Paredes acústicas ajustáveis, iluminação de resposta rápida e os sistemas de ponta de projeção e de som proporcionam excepcional flexibilidade de apresentação, permitindo que a sala se adapte facilmente a qualquer evento. O teatro apresenta um sistema de som portátil de reforço, uma mesa de mixagem digital de 48 canais, um equipamento de gravação e de playback digital, dispositivos de tradução simultânea e transmissão sem fio para pessoas com deficiência auditiva. Um sistema de projeção de primeira linha faz com que a sala comporte uma variedade de programações, incluindo transmissões de apresentações ao vivo, transmitidas para o teatro através de um sistema de recepção integrado via satélite.

Guardar no Meu ArchDaily

MLS (Maximum Lenght Sequence), utilizado no forro do auditório

MLS (Maximum Lenght Sequence), utilizado no forro do auditório
 
Guardar no Meu ArchDaily

MLS (Maximum Lenght Sequence), utilizado no forro do auditório

MLS (Maximum Lenght Sequence), utilizado no forro do auditório
 

Com um sistema de varas motorizadas no teto, a iluminação pode ser carregada e ajustada com o mínimo de interferência. A iluminação das apresentações no auditório é composta inteiramente de LEDs, controlados por uma mesa de iluminação digital através de uma rede Ethernet. A iluminação arquitetônica no auditório é integrada engenhosamente na arquitetura da sala e é controlada por um sistema Paradigm automatizado de controle da iluminação. O controle da iluminação permite que os usuários gravem e reativem diferentes ajustes de iluminação e ativem ou desativem diferentes áreas dos ajustes prévios.

Guardar no Meu ArchDaily

Planta

Planta
 

Além do auditório versátil, Theatre Projects foi responsável pelo ambiente acústico de todo o museu. Seu trabalho garantiu que o espaço de exibição ficasse livre de ruídos externos e mecânicos intrusivos e pudesse funcionar como pretendido –promovendo o pensamento e a reflexão sobre o trabalho de Yves Saint Laurent e a cultura que ele ajudou a formar.

 

Fonte: ArchDaily

 

Participe do  Webinar sobre as 6 fases do Projeto Acústico – clique na imagem abaixo e inscreva-se

 


Adquira Agora nosso Curso de Acústica Sustentável

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resolva a equação para comentar *