desempenho acústico

Medição de desempenho acústico em câmara reverberante

Esses dias uma colega me disse que não conseguia dormir porque ouvia o barulho da TV através da parede do quarto dela com o vizinho. Era um sobrado que foi construído sem qualquer atenção às normas brasileiras em vigência. Infelizmente isso ocorre frequentemente, e gostaríamos de alertar as pessoas que isso pode ser contornado se o planejamento e o investimento em acústica é feito.

Agora a questão é, qual é o sistema construtivo ideal para se colocar nesta parede do exemplo acima? Os fabricantes de drywall, de janelas, portas e outros sistemas acústicos usados para separar dois ambientes, devem testar seus protótipos ou produtos antes de botar no mercado. Agora onde e como fazer isso? Existem alguns poucos laboratórios como o LVA/UFSC e o IPT que realizam ensaios para comprovar a chamada “perda de Transmissão” de um sistema construtivo. Esse ensaio é realizado em uma câmara especial e fornece um laudo dizendo o desempenho do specimen testado. O chamado Rw do sistema, que é o valor de isolamento acústico ponderado conforme uma curva padronizada.

Perda de Transmissão

Você sabe a importância de medir o desempenho acústico de sistemas construtivos? No vídeo a seguir eu, Pablo Serrano, estive no Laboratório de Vibrações e Acústica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para realizar algumas medições e contar um pouco sobre a câmara reverberante e o ensaio de perda de transmissão.

Esse laboratório é um espaço altamente reverberante com diversos difusores que fazem função de quebrar os modos acústicos do ambiente. Esse local também é utilizado para fazer outros ensaios como de potência sonora de equipamentos, além do ensaio de perda de transmissão de materiais acústicos, veja só:

 

As esquadrias de uma janela na construção de uma casa, por exemplo, devem ser projetadas para evitar vazamentos de som. Para isso, os testes feitos em laboratório procuram reproduzir as condições da aplicação prática do equipamento para que seja medida a transmissão sonora através do material. Um outro exemplo é a avaliação de um visor acústico de um estúdio de gravações por exemplo, que deve atender a um isolamento bastante grande.

Faz-se uma medição no lado de dentro da câmara e também do lado de fora em outra câmara. O valor do desempenho acústico do sistema acústico pode então ser utilizado nos catálogos dos fabricantes e é útil para o projetista. Para cada tipo de material há uma perda de desempenho em relação ao que é medido em laboratório ao aplicá-lo na obra. Mas isso é assunto para outro post.

Gostou desse vídeo sobre como medir o desempenho acústico de materiais? Então compartilhe com os seus colegas e deixe comentários aqui abaixo! Você também pode conferir o webinar com o professor Eric Brandão, onde exploramos o tema Materiais Acústicos para Acústica de Salas. Disponível aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resolva a equação para comentar *