Engenheiro acústico: 5 motivos para contratá-lo

 

Saber solucionar problemas relacionados ao ruído não é uma tarefa simples, mas felizmente existe o engenheiro acústico.

Irritação, estresse, baixa produtividade, sono conturbado, dificuldades de aprendizado, perda auditiva. Esses são os sintomas causados pelos barulhos que nos incomôdamo dia a dia. O som indesejado acaba com nossa qualidade de vida, mas nem tudo está perdido. O profissional indicado para solucionar estes problemas é o engenheiro acústico. Veja alguns porquês para contratar esse profissional.

Por que o engenheiro acústico pode solucionar seus problemas?

1] O engenheiro acústico traz segurança e qualidade ao seu cliente.

O engenheiro estudou e se capacitou para a área de acústica. O conhecimento adquirido na universidade e através de práticas em laboratório e em campo, além de suas experiências, assegura que as soluções acústicas projetadas atingirão seus objetivos. Assim, se uma janela antirruído foi projetada para seu quarto voltado a uma rodovia ruidosa, o sono, antes conturbado, será tranquilo e profundo. Ou ainda, se foi contratado o serviço tratamento acústico para estúdios, suas músicas e gravações poderão ser executadas, gravadas, mixadas e masterizadas com qualidade. Conhecer as técnicas e ser experiente é trazer confiança ao cliente.

 2] O engenheiro acústico traz economia de tempo e dinheiro, pois sabe o que faz.

As soluções indicadas não são caseiras ou testes para “ver se funciona” e que demoram para ser realizadas. A qualidade do serviço prestado ou do produto especificado vem de análises e cálculos prévios usando modelos confiáveis baseados em normas técnicas. Além de economia de tempo, há também economia de dinheiro, pois as soluções não são superdimensionadas, mas sim certeiras para solução do problema. Através do mapeamento acústico próximo a um edifício, pode-se calcular o som que bate nas fachadas, e com isso projetar o isolamento acústico necessário. Se a espessura da parede acústica na fachada for superdimensionada, o problema acústico pode até ser resolvido, mas o custo-benefício não. Portanto, mais tempo de mão de obra e maior quantidade de material serão gastos desnecessariamente. Por isso, contratar o engenheiro acústico é um investimento certo no seu empreendimento. Principalmente no caso de projetos grandes, onde o custo deve ser mais controlado.

 3] O engenheiro acústico é expert no assunto, pois se especializou na área.

Assim como um clínico geral encaminha um paciente de acordo com seu problema a um médico especialista, um engenheiro acústico entende bem a sua área e sabe o que prejudica a sua saúde mental e auditiva. Ele sabe indicar a melhor solução, pois sabe que os problemas precisam de um diagnóstico e medicação exata para eles. Existem diferenças entre as soluções acústicas profissionais e caseiras então fique atento. Se o objetivo é obter um auditório em que a fala seja clara, alcance toda a audiência e que o uso de microfones não seja necessário, o engenheiro não irá indicar paredes mais grossas, pois sabe que o isolamento acústico não soluciona esta situação. Ele indicará o tratamento acústico e o estudo do tempo de reverberação ideal para o auditório. Isso pode ocorrer através de uma visita técnica ao local para medir a reverberação com um sonômetro, ou ainda calcular o valor usando uma planta baixa com as dimensões, uso do local e materiais de revestimento.

 4] O engenheiro acústico é atualizado, pois tem acesso as inovações acústicas do mercado.

O engenheiro que trabalha na área sabe da diversidade de materiais acústicos que existem e estão para serem lançados, pois tem contato com os fornecedores. Num projeto arquitetônico sabemos que além da funcionalidade do local, a beleza é essencial. Portanto, o bom engenheiro acústico pode indicar inúmeros materiais com desempenho similares, mas com aparências que atendam ao seu gosto. Um dos exemplos de materiais são os forros acústicos, que com a função de absorvedores acústicos podem apresentar-se em cores, texturas e desenhos variados, podendo até ser personalizados ou em nuvens.

5] O engenheiro acústico está antenado na sociedade, pois conhece as normas e leis.

Normas e leis determinam qual o limite aceitável de ruído que pode entrar e sair de cada ambiente sem incomodar as pessoas. A partir do momento que o som invade ao ponto de perturbar e ferir o espaço alheio, há infração da lei. Assim, tanto edificações residenciais que estão sob a Norma de Desempenho, quanto o comércio que precisa das Certidões de Tratamento Acústico, ambos devem adequar acusticamente o seu espaço. Uma paralisação das atividades ou multa para atividades de comércio são muito indesejadas, tanto para empresário quanto para a sociedade.

Agora você já sabe a importância de contratar um engenheiro acústico. Pense bem se você deseja segurança, qualidade, economia de tempo e dinheiro, inovações do mercado, e bom relacionamento com a vizinhança. Acreditamos que a resposta é sim…

 

Ingrid Knochenhauer de Souza – Eng. Civil especializada em acústica
Pablo Giordani Serrano – MEng. Mecânico especializado em acústica

 

Atualize-se ao assistir o nosso Webinar Exclusivo sobre A Arquitetura como Forma de Expressão Sonora, com a renomada arquiteta Débora Barretto. Clique aqui e se inscreva.

capa_webinar01

__________________________

> Este conteúdo lhe foi útil? Comente e colabore com o Portal Acústica. Sua opinião nos ajuda a melhorar.

> Que tal ter direito a uma conversa de 30min com nosso especialista em acústica? Você pode tirar suas dúvidas e obter informações precisas para sua necessidades. É só responder nossa Pesquisa Portal Acústica clicando aqui.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resolva a equação para comentar *