ruído de veículos

Ruído de veículos em grandes centros urbanos

O ruído de veículos pode ser uma verdadeira dor de cabeça para quem vive nos grandes centros urbanos do mundo. Seja num escritório de um prédio comercial ou num apartamento de um condomínio residencial, o ruído está em todo lugar. Hoje quando fui ao pilates a minha instrutora disse que não havia dormido direito por conta da conversa das vizinhas no sobrado de cima. Na hora observei a frustração dela e vi o quanto isso é realmente um problema para ela. Neste caso, os ruídos podem ser do vizinho de cima, mas o problema que você está enfrentando pode ser decorrente de outra fonte.

Se você mora em um grande centro urbano ou próximo a uma rodovia, sabe que as vezes é cansativo e estressante ficar com as janelas abertas. Nós técnicos e planejadores, temos que ter consciência disso e dizer que  é importante monitorar o comportamento acústico do ambiente, para garantir mais qualidade de vida e conforto para os cidadãos. E infelizmente a polícia e os orgãos fiscalizadores de poluição sonora são ineficazes, sendo somente um comprimido que tomamos nos dias em que não dá para aguentar a festa do vizinho.

Nesse vídeo, Pablo Serrano foi até o subúrbio de Londres para medir o ruído de veículos em uma região que mistura prédios comerciais e residenciais, veja:

Temos diversos tipos de ruído de veículos: rodoviário, metroviário, ferroviário, aeronáutico e outros. Em geral, temos que avaliá-los de forma independente e de acordo com a presença de cada tipo de fonte sonora encontrada em uma localidade. E o ruído de carros, por exemplo, é variável de acordo com a velocidade da via, tipo de asfalto, porte do carro, tipo de combustível (elétrico, gasolina, etc) e hora do dia. Em geral podemos modelar o ruído de uma rua ao ter uma estimativa do fluxo de veículos  por porte e horário de avaliação. Esse modelo pode ser simplificado e baseado na potência sonora média, podemos criar fontes sonoras lineares que representem a rodovia. Tais modelagens podem ser inseridas a mapas de ruído.

Certamente uma tendência em todas as grandes cidades, assim como São Paulo decretou, é a criação de mapas de ruídos para orientar a construção civil e reduzir o stress da população. O poder público terá agora muito mais condição de realizar melhorias e controlar as poluições sonoras. Esse é um projeto ambicioso e que contempla a colocação de diversos medidores de som em toda a cidade. Tais medidores ficam por horas, e as vezes diversos dias ligados, guardando informação. O melhor mesmo seria ter essa informação em tempo real, gerando um histórico massivo de dados. Mas, imagine, numa cidade como São Paulo, a quantidade de dados absurda que seria gerada durante a aquisições de dados. Imagine agora isso sendo guardado por anos, permitindo análises complexas de evolução da poluição sonora por bairro ou região. Falo mais sobre isso em um outro post que você pode conferir aqui.

Se tiveres alguma questão extra sobre ruído de veículos que não abordamos no vídeo, deixe aqui abaixo nos comentários! Será bem bacana continuar o diálogo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resolva a equação para comentar *