A primeira sala do mundo sem eco – anecoica!

Nós engenheiros acústicos estamos sempre construindo salas para testar o som de equipamentos que são construídos e precisam de algum tipo de averiguação quanto a qualidade sonora do áudio, nível de ruído interno ou ainda quão alto o som produzido pelo equipamento é.

Essas salas devem ser muito boas em termos de isolamento sonoro, ou seja, evitar que o som saia ou entre nela. Além disso, devemos garantir que as propriedades da sala não interfiram na medição. Para isso, em geral um ambiente sem ecos, ou seja, sem reflexões sonoras é necessário. A primeira câmara com essas propriedades já construída foi a “caixa de Beranek”, também chamada hoje de câmara anecoica.

beranek

Esse incrível engenheiro, Leo Beranek formado na Universidade de Harvard, criou esse ambiente durante a segunda guerra mundial e foi muito aclamado por ser brilhante e pelo duro trabalho que realizou. Os alto-falantes das utilizados para guiar tropas durante a guerra era o principal motivo que levou à construção deste ambiente que deveria confinar o som, entretanto, hoje o uso desse tipo de sala se diversificou na atualidade. Pode-se, por exemplo, avaliar de meios de transporte, equipamentos de satélite, eletrodomésticos, até sensações de som tridimensionais para jogos usando cabeças artificiais.

beranek2

O Beranek criou o primeiro modelo de cunhas anecóicas, que são essas espumas piramidais que absorvem até 99,9% do som incidente. Os primeiros protótipos tinham 8 polegadas, base quadrada e eram feitos de fibra de vidro. Atualmente utiliza-se o mesmo conceito para construir uma câmaras anecoica, entretanto, os materiais evoluíram e pode-se ter até cunhas metálicas que protegem as espumas para que não se desgrudem das paredes ao realizar testes com altas velocidades de ar, por exemplo para avaliar o ruído de jatos comerciais ou militares.

jato

 

Apesar de algumas pessoas não conseguirem ficar dentro das câmaras anecoicas, visto que o silêncio dentro delas é muito profundo, é uma boa experiência de ouvir seus sons internos e o sangue correndo pelas suas veias. Eu particularmente fico bem tranquilo neste ambiente, mas tempo demais dentro da câmara anecoica é realmente angustiante. Ainda mais se você ficar preso lá porque um colega de experimentos esqueceu você lá dentro ao final do expediente.

Obrigado pela leitura, e se você gostou do tópico e gostaria de saber mais sobre como comparar os valores dos seus experimentos através de ferramentas de simulação acústica, acesse o e-book aqui, e baixe grátis.

MEng. Pablo Serrano

Inscreva-se agora para a live de acústica em igrejas
2 respostas
    • portalacustica
      portalacustica says:

      Olá Gilson,
      atualmente existem diversos materiais com propriedades similares. As cunhas em melamina são altamente eficientes e com propriedades anti-fogo muito boas. O segredo não está somente na fórmula deste material, mas também na geometria que auxilia na absorção das ondas. Esse formato em cunha é realmente muito eficiente, apesar de consumir um bom espaço da sala. Para aplicações residenciais ficaria impraticável pelo tamanho, e também por não ser necessário uma absorção desta ordem.
      Obrigado pela pergunta! Aproveite para se inscrever nos nossos webinares gratuitos em: http://conteudo.portalacustica.info/inscricao-seminario

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Resolva a equação para comentar *